Últimas notícias

Analistas veem caminhos incertos na Turquia após golpe frustrado e expurgos em massa

Analistas veem caminhos incertos na Turquia após golpe frustrado e expurgos em massa
agosto 07
13:33 2016

Jornalistas e analistas debatem problemas e desafios à democracia do país

RIO, ANCARA E BERLIM – Num processo de deterioração democrática há mais de dois anos, a Turquia chegou ao auge de sua instabilidade política no último dia 15, com a tentativa fracassada de golpe por militares e a dura reação do presidente Recep Tayyip Erdogan. Nas últimas semanas, o expurgo e a prisão de milhares de funcionários públicos e das Forças Armadas, além de uma apressada reforma das instituições estatais, deixam o país diante de um caminho incerto.

Opositores ao regime sofrem com ações na Justiça e prisões sem provas. Simpatizantes do clérigo Fethullah Gülen, ex-aliado e hoje maior rival de Erdogan, são acusados de terrorismo e de organizarem a tentativa de tomada do poder. Meios de comunicação independentes, já alvo crescente de expropriações e ações jurídicas, denunciam cerceamento quase total. Hoje, analistas veem a situação dos direitos humanos no país como “cada vez mais preocupante”.

Mesmo pressionado pelo início de uma retração econômica, Erdogan endurece o discurso contra aliados e ameaça cortar cooperações vistas por EUA e União Europeia como cruciais, como a parceria militar no instável Oriente Médio e a ampla recepção aos refugiados que escapam da guerra civil na Síria.

Em artigos exclusivos para o GLOBO, jornalistas turcos, analistas e cientistas políticos questionam os rumos da democracia local, explicam o cenário de incerteza política e tentam antecipar as próximas políticas do presidente.

Fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/analistas-veem-caminhos-incertos-na-turquia-apos-golpe-frustrado-expurgos-em-massa-19863483?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

Marcadores

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer