Últimas notícias

Editor de jornal multado por insultar Erdogan

Editor de jornal multado por insultar Erdogan
julho 02
11:45 2016

Berkant Gultekin, o editor executivo do jornal Birgun, e o diretor Ibrahim Aydin foram sentenciados a 11 meses de prisão sob acusações de “ insultar publicamente o Presidente Recep Tayyip Erdogan ”, que foram transformados em uma multa de 10.500 liras turcas para cada um.

O 2º Tribunal Criminal de Primeira Instância de Istambul transformou a sentença de prisão em multa baseando-se no “remorso de seu ato” dos dois. Gultekin e Aydin não participaram da sentença, no entanto a advogada de Erdogan, Hatice Ozay, estava presente.

Ozay contou ao tribunal que a queixa de seu cliente ainda é válida e exigiu que Gultekin e Aydin fossem condenados. O advogado dos suspeitos, Ali Deniz Ceylan, em contrapartida, afirmou que a matéria principal do jornal datada de 2014, que é o foco do julgamento, foi uma análise do ano anterior e que caiu na categoria de liberdade de imprensa.

O promotor que indiciou Aydin e Gultekin tinha anteriormente buscado uma sentença de prisão de um a quatro anos.

Nos anos recentes, a Turquia tem visto um aumento massivo da perseguição contra usuários das mídias sociais, incluindo jornalistas, políticos e figuras de alto escalão, sob acusações de “insultar o Presidente Erdogan”. O Ministro da Justiça Bekir Bozdag anunciou no começo de março que seu ministério concedia permissão para o processo de 1.845 indivíduos por insultarem Erdogan entre agosto de 2014 e março de 2016.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer