Últimas notícias

Investigação lançada sobre 37 chefes de redação

Investigação lançada sobre 37 chefes de redação
junho 16
12:43 2016

O número de jornalistas que enfrentam investigação depois de se tornarem chefes-de-redação sob vigilância para o jornal pró-curdo Ozgur Gundem aumentou para 37, com investigações lançadas para 7 mais jornalistas na quinta-feira.

Uma investigação foi lançada contra os jornalistas Nadire Mater, Mehmet Guc, Tugrul Eryilmaz, o ex-deputado do Partido Democrático Popular (HDP), um partido pró-curdo, o correspondente da TV IMC em Diyarbakir Faruk Balikci, o escritor Seyhmus Diken e a artista Julide Kural sob suspeita de “fazer propaganda de uma organização terrorista”.

A investigação foi lançada depois que jornalistas apoiaram a campanha “Co-Chefia-de-Redação” lançada pelo jornal pró-curdo Ozgur Gundem que encorajava jornalistas a mostrarem solidariedade com o jornal e defender a liberdade de imprensa contra opressões.

Mais nove jornalistas – entre 30 outros que também foram alvo de investigação – testificaram no Tribunal de Justiça de Istambul no bairro de Caglayan.

Os ex-deputados do HDP, partido pró-curdo, Hasip Kaplan, Sebahat Tuncel e o atual deputado co-responsável Saruhan Oluc testificaram no tribunal na quarta-feira.

Tuncel e Oluc falaram à imprensa na frente do tribunal, enfatizando que a opressão contra jornalistas alcançou dimensões inaceitáveis e que deve ser interrompida.

“A opressão sobre a mídia crítica – especialmente sobre os órgãos de mídia dos curdos – não é irrelevante aos desenvolvimentos políticos”, disse Oluc.

Destacando que mostrar solidariedade à mídia curda é um dever de todos, Tuncel também disse que participou na companha porque não aceita oprimir o jornal Ozgur Gundem.

Tradução de: Renato José Lima Trevisan

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer