Últimas notícias

Jornalista turco comenta sobre a perseguição para imprensa na Turquia

Jornalista turco comenta sobre a perseguição para imprensa na Turquia
maio 11
15:03 2016

Jornalista turco comenta sobre a perseguição para imprensa na Turquia. Para Kamil Ergin, a liberdade de imprensa está sob ameaça do poder executivo na Turquia.

Segue transcrição do depoimento do jornalista turco:

Na Turquia esse autoritarismo não é somente para jornalistas, mas para o grupo da oposição. Começou a partir das manifestações no Parque Gezi, as manifestações populares da Turquia. Existia um grupo de jornalistas que criticavam e foram alvo do governo, chamados de traidores, golpistas. E depois desse momento o Erdogan e o governo escolheram o caminho mais autoritário e mudando também as legislações, legislação baseada na polícia, na segurança, na justiça, no judiciário. Eles por exemplo começaram a bloquear o YouTube,  bloquear o Twitter, bloquear redes sociais, para que os jornalistas e também manifestantes não compartilhassem as notícias, o que está acontecendo na Praça. E por exemplo, primeiro, nós vemos naquele momento, nas manifestações, que um grupo de jornalistas, que o governo estava perseguindo, foi demitido. E depois, também, houve uma investigação de corrupção, uma investigação enorme, como a operação Lava-Jato no Brasil. E durante esse processo os jornais que revelaram os documentos dessa corrupção também todos eles foram ou presos ou demitidos ou de alguma maneira foram perseguidos. E os grupos também foram alvo de perseguição financeiramente. Os jornalistas estrangeiros na Turquia começaram a ser deportados. A partir desse momento alguns ministros foram investigados pela polícia acusados de corrupção. E a partir daquele momento até hoje isso está vem acelerando e chegou um ponto que se tornou um inferno. Ser um jornalista na Turquia hoje significa que você não pode pensar nada quanto ao seu futuro, o amanhã, a qualquer momento pode acontecer alguma coisa.

https://twitter.com/kamergin

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer