Últimas notícias

O ISIS possui células terroristas por todas as 70 províncias da Turquia

O ISIS possui células terroristas por todas as 70 províncias da Turquia
abril 14
15:32 2016

Um aviso enviado pelo chefe de polícia da província do leste de Kars em outubro passado às unidades de polícia na província avisava que existem células terroristas pertencentes ao Estado Islâmico do Iraque e do Levante em 70 das 81 províncias na Turquia, de acordo com um relatório no jornal Cumhuriyet na quarta-feira.

O aviso, marcado como “confidencial”, foi enviado pelo Chefe de Polícia de Kars, Faruk Karaduman, para as unidades de polícia no centro da cidade e nos distritos de Kars em 28 de outubro, baseando-se nos relatos de um informante da polícia nas fileiras do ISIS. O informante da polícia supostamente recebeu informações acerca das atividades do ISIS, fornecidas por um importante militante do Estado Islâmico, que está na Síria.

As regiões onde as células terroristas do ISIS supostamente existem incluem províncias tais como Istambul, Trabzon, Samsun, Izmir, Diyarbakir, Mardin, Adana, Bingol, Gaziantep, Kilis, Adiyaman, Sanliurfa, Mersin, Bitlis, Van, Batman, Konya, Kocaeli, Bursa, Kahramanmaras, Siirt, Siirt, Sirnak, Aydin, Agri, Antalya, Edirne, Osmaniye, Igdir, Nigde, Amasya e Ordu.

Karaduman avisou às unidades de polícia sobre o risco de ataques do EIIL contra o Partido Democrático Popular (HDP), que é pró-curdo, contra o Partido Popular Republicano (CHP) e outras organizações de esquerda e também contra pontos turísticos e pediu a sua equipe para que fiquem atentos a esses riscos.

O aviso do chefe de polícia veio como consequência de uma ataque terrorista no coração de Ancara em 10 de outubro, que tomou as vidas de 104 pessoas, em que dois terroristas suicidas do ISIS se explodiram no meio de ativistas que era em sua maioria de esquerda e pró-curdos que se reuniam para participarem de uma manifestação pela paz.

Desde junho de 2015 a Turquia tem estado sujeita a muitos ataques do ISIS, que tomaram as vidas de cerca de 150 pessoas, incluindo pessoas de outros países.

A Turquia já há um bom tempo tem sido acusada por especialistas, curdos e até pelo Vice Presidente americano Joe Biden de ajudar o ISIS ao fazer vistas grossas às vastas redes de contrabando de armas e militantes na interminável guerra síria. Sua jogada supostamente fez parte de tentativas de causar a queda do regime do Presidente sírio Bashar Assad.

Traduzido por: Renato José Lima Trevisan

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer