Últimas notícias

Milícias aliadas à Turquia cortam água de civis na Síria

Milícias aliadas à Turquia cortam água de civis na Síria
abril 06
17:58 2020

Os bombardeamentos de grupos armados apoiados pela Turquia na quinta-feira causaram graves danos a um aqueduto, uma de suas muitas ações intencionais recentes para bloquear esse recurso crucial de cerca de 460.000 civis na província de Hasakah, no norte da Síria, controlada por uma auto administração local liderada por curdos, informou o site de notícias do Curdistão 24.

“É verdade. Hoje, às 15 horas, os mercenários atacaram o aqueduto Allouk, que fornece água a Hasakah, com bombardeios de morteiros ”, disse a autoridade local Suzdar Ahmed ao Kurdistan 24.

“Atualmente, não há água em Hasakah e não temos informações até que ponto o aqueduto está danificado. Amanhã, às 19 horas, nosso grupo investigará os danos e estimará quantos dias precisa para consertar ele. ”

O nordeste da Síria tem fornecido eletricidade às áreas ocupadas pela Turquia em troca do fluxo de água, conforme combinado com a ajuda da mediação russa.

As milícias cortam regularmente a água da província de Hasakah, exigindo que as autoridades lideradas pelos curdos no nordeste da Síria forneçam mais eletricidade às áreas sob seu controle.

A estação Allouk fica perto da cidade fronteiriça de Serekaniye, que a Turquia e seus aliados militantes assumiram o controle em outubro, durante a chamada Operação Fonte da Paz.

O UNICEF e organizações de direitos humanos criticaram a interrupção da água para civis em Hasakah, muitos dos quais estão deslocados e precisam desesperadamente do recurso.

Em 23 de março, o representante da UNICEF na Síria, Fran Equiza, disse que a interrupção “durante os esforços atuais para conter a propagação da doença por coronavírus coloca crianças e famílias em risco inaceitável”.

“Lavar as mãos com sabão é fundamental na luta contra o COVID-19”, enfatizou.

A Human Rights Watch (HRW), em um relatório divulgado na terça-feira, disse: “O fracasso das autoridades turcas em garantir o abastecimento de água adequado às áreas curdas no nordeste da Síria está comprometendo a capacidade das agências humanitárias de preparar e proteger comunidades vulneráveis ​​na pandemia do COVID-19 . ”

Fonte: Turkish-backed militias shell north Syria, cut off water to some half million civilians

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer