Últimas notícias

Agência de notícias russa: EUA enviam 60 caminhões de equipamentos militares para Forças Sírias

Agência de notícias russa: EUA enviam 60 caminhões de equipamentos militares para Forças Sírias
agosto 21
19:36 2017

Em meio a declarações de Ancara sobre uma possível operação transfronteiriça para áreas no norte da Síria controladas por forças curdas, a agência de notícias Sputnik informou na segunda-feira que os EUA enviaram 60 caminhões de armamentos pesados e veículos blindados para as Forças Democráticas da Síria (FDS).

De acordo com a reportagem, os EUA enviaram armamentos pesados e veículos blindados às FDS, que também inclui as Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), como parte das operações de Raqqa.

Um membro das FDS disse que os EUA também enviaram pequenos caminhões Toyota para o reforço do combate e continuam a enviar às FDS armas e veículos blindados.

“Os EUA nos enviaram Hummers blindados e armas pesadas devido à operação de Raqqa. Entre as armas estão foguetes, metralhadoras, binóculos e morteiros. As armas e os Hummers blindados foram trazidos para Rojava da região do Curdistão (norte do Iraque) em uma rota terrestre através do portão da fronteira de Semelka. Eles foram levados para a Raqqa, que fica ali perto, por caminhão. As armas e os veículos blindados chegaram em 60 caminhões. Os EUA regularmente nos nos tem enviado regularmente armas pesadas e veículos blindados “, disse o membro das FDS.

Apesar das objeções de Ancara, os EUA desde 15 de maio enviaram 468 caminhões de suprimentos militares aos militantes das YPG curdas da Síria, considerado uma organização terrorista pela Turquia, devido aos seus vínculos com o ilegal Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), informou a agência de notícias estatal Anadolu da Turquia.

As forças armadas turcas no mês passado retaliaram com fogo de artilharia durante a noite e destruíram alvos das YPG depois que a milícia curda abriu fogo contra forças apoiadas pelos turcos no norte da Síria, disseram os militares turcos.

O presidente Recep Tayyip Erdoğan disse que Ancara estava pronta para empreender uma nova operação militar no norte da Síria, semelhante à Operação Escudo do Eufrates, que foi lançada em agosto do ano passado.

Falando ao jornal russo Izvestia, Erdoğan disse que as fronteiras da Turquia estão sob a ameaça da milícia curda síria e que a Turquia não permitiria o estabelecimento de algum estado curdo na Síria.

O vice-primeiro-ministro, Veysi Kaynak, também disse que a região de Afrin da Síria deveria ser liberada de terroristas, dizendo que é necessário para a segurança de Azaz, Mare, Al Bab e Idlib.

“O problema na região é o Partido da União Democrática Curda da Síria (PYD) e o controle PKK sobre Afrin e o estabelecimento de uma base russa lá”, disse Kaynak à mídia em Kahramanmaraş.

Publicado originalmente em: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer