Últimas notícias

Bagdá vai ao Conselho de Segurança devido à presença militar turca no Iraque

Bagdá vai ao Conselho de Segurança devido à presença militar turca no Iraque
outubro 07
14:38 2016

O Iraque requisitou uma sessão de emergência com o Conselho de Segurança da ONU devido a presença de tropas turcas na base do exército em Bashiqa, ao norte de Mosul, no norte do país, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Iraque na quinta-feira.

Ahmad Jamal, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Iraque, disse que Bagdá está pedindo uma sessão de emergência ao Conselho de Segurança para discutir “violações turcas no solo iraquiano e interferência em seus assuntos internos”.

Jamal disse que seu país pediu ao Conselho para “assumir sua responsabilidade e adotar uma resolução que coloque um fim na violação das tropas turcas contra a soberania do Iraque” e “intensificar o apoio internacional” antes de uma importante operação militar iraquiana para retomar Mosul dos militantes do Estado Islâmico.

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim havia insistido na quinta-feira que as tropas turcas permanecessem no Iraque, apesar das crescentes tensões com Bagdá antes das operações, para retomar Mosul do grupo terrorista Estado Islâmico no Iraque e no Levante (ISIL, ISIS, EI).

Destacando que a reaçao de Bagdá não era de “boa fé”, Yildirim mencionou a presença de tropas de 63 outros países e acrescentou: “É injustificado [ao governo iraquiano] focar na presença da Turquia”.

Não importa o que o governo iraquiano em Bagdá diga, uma presença turca vai permanecer lá para lutar contra o Daesh [Estado Islâmico] e para evitar qualquer mudança forçada da composição demográfica da região”, disse Yildirim.

A Turquia um estimado de 2.000 tropas no Iraque, cerca de 500 delas no campo de Bashiqa no norte do Iraque treinando militantes iraquianos que esperam participar na batalha para recapturar Mosul, de acordo com a mídia turca.

O Vice Porta-Voz do Departamento de Estado Americano, Mark Toner, na quarta-feira, exortou a Turquia a respeitar a soberania e integridade terrirorial do Iraque, logo após o primeiro-ministro iraquiano ter advertido a Turquia a não desencadear uma guerra regional ao manter uma presença militar no Iraque.

Ao responder uma pergunta durante a conferência de imprensa diária em Washington, D.C., na quarta-feira, Toner disse: “Todos o s vizinhos do Iraque precisam respeitar a soberania e intergridade territorial do Iraque. Essa é a premissa da força tarefa – uma coalizão global contra-Estado Islâmico que opera no Iraque, e esperamos que todos os nossos parceiros façam o mesmo”.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer