Últimas notícias

O Azerbaijão declara um ‘cessar-fogo unilateral’ no conflito com a Armênia

O Azerbaijão declara um ‘cessar-fogo unilateral’ no conflito com a Armênia
abril 05
10:20 2016

O Azerbaijão decidiu “cessar ações retaliatórias” contra as forças armadas da Armênia logo em seguida aos confrontos que explodiram por causa da região disputada de Nagorno-Karabakh no sábado nos quais 18 soldados armênios e 12 azerbaijanos foram mortos.

Um porta-voz do ministério da defesa disse que os azeris estavam agindo em resposta a apelos internacionais para interromperem a violência.

“O Azerbaijão, mostrando boa vontade, decidiu cessar unilateralmente as hostilidades,” disse o ministério da defesa azeri em um pronunciamento no domingo.

Ele avisou que revidaria se suas forças fossem atacadas.

O combate de domingo foi o pior surto de violência desde uma guerra em larga escala pela região terminou em 1994. Desde então, a montanhosa Nagorno-Karabakh – oficialmente parte do Azerbaijão – tem estado sob o controle de forças armênias étnicas locais e do exército armênio.

Cada lado culpou ao outro pela escalada de sábado.

Em um discurso, o Ministério da Defesa do Azerbaijão disse que no sábado 12 de seus soldados foram mortos e disse que um de seus helicópteros foi derrubado.

A declaração também alegou que mais de 100 soldados das forças armênias foram mortos ou feridos e que seis tanques e 15 posições de artilharia foram destruídas.

O Presidente armênio Serzh Sargsyan contou ao seu conselho de segurança nacional que 18 soldados armênios foram mortos e 35 feridos.

Traduzido por: Renato José Lima Trevisan

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer