Últimas notícias

Jornal turco chama de ‘pervertidas’ vítimas de ataque em boate gay

Jornal turco chama de ‘pervertidas’ vítimas de ataque em boate gay
junho 13
15:47 2016

Ao noticiar o ataque à boate gay Pulse em Orlando, um jornal turco classificou as vítimas fatais do massacre como “pervertidas” e “desviantes”. Logo na manchete, a publicação de extrema-direita não escondeu sua posição em relação aos frequentadores da casa noturna, alvo do maior ataque armado da história dos Estados Unidos.

O jornal noticiou a estimativa inicial de 50 vítimas fatais do ataque na boate. Mais tarde, autoridades americanas revisaram o número para 49, excluindo o atirador do índice.

“Número de mortes sobe para 50 em bar onde homossexuais pervertidos vão!”, enfatizou a manchete do jornal turco em sua versão online.

Criticada por atacar minorias, publicação tem ligações com Erdogan

A publicação, cujo nome pode ser traduzido como “novo acordo”, gerou reações negativas na internet, de acordo com o portal “Mail Oline”. O jornal tem ligações com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e já defendeu ações do grupo terrorista Al-Qaeda.

Anteriormente, também já foi acusado por ativistas locais de incentivar o discurso de ódio contra a comunidade LGBT e outras minorias. A fundação turca Hrant Dink encontrou 175 matérias e reportagens em que há ataques diretos a grupos vulneráveis no país, como judeus, armênios e cristãos.

Na madrugada de domingo, um atirador abriu fogo dentro da boate voltada ao público LGBT na Flórida. O autor do ataque, Omar Mateen, morreu durante uma troca de tiros com a polícia. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

Fonte: oglobo.globo.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer