Últimas notícias

Gülen condena o atentado terrorista em Manhattan

Gülen condena o atentado terrorista em Manhattan
novembro 03
10:38 2017

Fethullah Gülen, erudito islâmico turco, condenou o atentado terrorista em Manhattan na terça-feira que matou oito e feriu onze.

“Estou profundamente chocado e entristecido por este atroz atentado terrorista em Manhattan que resultou nas mortes e oito civis inocentes e deixou onze outros feridos. Condeno fortemente este desprezível e insensato ato de violência,” disse Gülen em uma declaração.

“Cada ato de terrorismo é um golpe para a humanidade em todos os lugares. Este atentado não foi apenas contra nova-iorquinos e americanos mas contra valores humanos universais que todos nós compartilhamos. Reitero minha condenação categórica de todas as formas de terrorismo e violência, que não podem ser justificados sob quaisquer circunstâncias,” acrescentou Gülen.

“Envio minhas sinceras condolências às famílias e entes queridos das vítimas, e para todas as pessoas que chamam Nova Iorque de casa. Oro pela rápida recuperação dos feridos e oro a Deus, o Mais Compassivo, que lidere toda a humanidade a um mundo de paz e tranquilidade.”

Gülen é um erudito e pregador islâmico, e um defensor social cujo comprometimento há décadas com a educação, diálogo interconfessional e altruísmo inspirou milhões na Turquia e pelo mundo. Gülen é o presidente honorário do Fórum Rumi em Washington, D.C., e da Plataforma do Diálogo Intercultural em Bruxelas.

Sayfullo Saipov, com 29 anos de idade, um imigrante que se mudou para os EUA legalmente do Uzbequistão em 2010, dirigiu um caminhão alugado por uma ciclovia para bicicletas e pedestres ao longo do Rio Hudson em Lower Manhattan na terça-feira, matando oito pessoas e ferindo onze. Foi o atentado terrorista mais mortal na cidade desde 11 de setembro.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer