Últimas notícias

Gulen diz que assassinatos planejados de figuras proeminentes na Turquia poderiam ser atribuídos a ele

Gulen diz que assassinatos planejados de figuras proeminentes na Turquia poderiam ser atribuídos a ele
agosto 15
16:36 2017

Fethullah Gulen, erudito islâmico turco radicado nos EUA, que é acusado pelo governo e presidente turcos de arquitetar um golpe fracassado na Turquia no ano passado, no domingo disse que círculos do governo que usaram ele e seu movimento como bodes expiatórios de todos os crimes na Turquia estão planejando assassinatos de pessoas proeminantes na Turquia e colocar a culpa nele e em seus seguidores.

Em um vídeo compartilhado na noite de domingo no site Herkul.org, onde seus discursos são transmitidos, Gulen disse que após uma investigação de corrupção em 2013 e da tentativa de golpe de 15 de julho, círculos do governo estão agora planejando colocar a culpa nele e em seu movimento, também conhecido como Hizmet, pelo assassinato planejado de várias figuras famosas na Turquia.

Destacando que círculos obscuros de poder em volta do governo não foram bem sucedidos em convencer as pessoas e especialmente a comunidade internacional de que os seguidores do Hizmet estejam por detrás do golpe fracassado no ano passado, Gulen disse que prepararam um plano sério para assassinar pessoas importantes na Turquia e ligar isso a ele para pôr as pessoas contra o movimento.

“Agora outros [círculos do governo] estão pensando: ‘Então o que devemos fazer agora? Precisamos de algo mais sério, precisamos assassinar algumas pessoas muito importantes, e acabar com ele [seguidores do Hizmet]’,” disse ele.

“Vocês entendem do que estou falando aqui? Estou contando pra vocês coisas que estão sendo faladas por todos, coisas tramadas por detrás de portas fechadas mas que agora estão sendo ditas em voz alta publicamente. Eles estão dizendo: ‘Vamos cuidar de [assassinar] alguns nomes importantes, fazer um pouco de comoção de uma forma que as pessoas irão certamente ver isso como um ‘golpe’, e portanto teremos enganado todos os que já não foram convencidos.”

“De agora em diante, em certo sentido, eles têm que encontrar uma desculpa para conseguirem se safar com as coisas que querem se safar. E em nome dessa desculpa, não há limites ao grau de malícia que eles estão dispostos a realizar”.

“Nesse sentido, os que ficarem perante a porta do Todo Poderoso, os que desejarem bater em Sua porta de Misericórdia, deverão tem em mente que coisas ruins podem estar os esperando no futuro próximo, e eles devem seguir em frente com um intelecto, visão e vigilância acuados,” disse ele.

No sábado, o colunista do Turkish Minute, Abdullah Bozkurt, escreveu que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, está agora contemplando orquestrar assassinatos no país voltados a figuras de alto escalão e figuras no exterior, para intimidar e silenciar seus críticos em exílio.

“Ao fazer isso, Erdogan continuará a minar os grupos de oposição independentes que não conseguiu coagir com incentivos, tais como dinheiro e posições no governo, ou que não conseguiu afugentar com intimidação. Isso é crucial para o seu regime no processo até as eleições presidenciais e parlamentares de 2019, que são a chave para a sua sobrevivência, dado o panorama econômico que piora, desafios de segurança crescentes na Turquia e na sua vizinhança, e o antagonismo purulento entre vários grupos sociais e étnicos,” disse Bozkurt.

Quando um grande escândalo de corrupção eclodiu em dezembro de 2013, Erdogan e o seu governante Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) alegaram que as investigações foram realizadas por policiais e membros do judiciário que eram afiliados ao Movimento Gulen. Erdogan chamou as investigações de “tentativas de golpe contra seu governo” e bombardeou as investigações ao expurgar e prender a maioria dos policiais, promotores e juízes que supervisionaram as investigações de corrupção.

Quando alguns soldados golpistas tentaram dar um golpe militar em 15 de julho de 2016, Erdogan culpou imediatamente a Gulen por estar por detrás do golpe e lançou uma caça às bruxas em larga escala contra os seguidores do Hizmet.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Mailer