Últimas notícias

“Chamar o movimento Gulen de terrorista é um exagero”

“Chamar o movimento Gulen de terrorista é um exagero”
outubro 01
12:35 2016

Robert R. Amsterdam, o chefe do escritório Amsterdam & Partners LLP que fica em Londres, que foi contratado pelo governo turco como parte da luta dele contra o movimento Gulen fora da Turquia, escreveu ao Presidente Recep Tayyip Erdogan em novembro de 2015 que designar o movimento como uma organização terrorista parece ser um exagero.

O governo turco e o Presidente Erdogan acusam o movimento Gulen, inspirado pela visão do erudito islâmico turco radicado nos EUA, Fethullah Gulen, de tramar uma investigação de corrupção em dezembro de 2013 e uma tentativa de golpe fracassada em 15 de julho deste ano sem evidências plausíveis.

A carta de Amsterdam foi encontrada nos e-mails vazados de Berat Albayrak, genro do Presidente Erdogan e o atual ministro das energias, entitulado “Nota de Informação” e datada de 13 de novembro de 2015.

De acordo com a nota, Amsterdam sugere formas de o governo turco lutar contra o movimento Gulen nos EUA. Amsterdam diz que chamar o movimento de “terrorista” pode ser um exagero; contudo, ele escreve em parênteses: “Cremos que sim (que o movimento Gulen é um organização terrorista)”.

Amsterdam também sugeriu que Erdogan imediatamente “isolasse” a percepção de Washington do governo da Turquia de que ele não é tolerante com os dissidentes.

O grupo de hackers marxista turco RedHack invadiu a conta de e-mail do Ministro das Energias, Albayrak, na semana passada e começou a divulgar o conteúdo em 26 de setembro depois que sua exigência pela soltura de dois escritores socialistas que estão atualmente na cadeia foi ignorada pelas autoridades.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer