Últimas notícias

Movimento Hizmet faz contribuições à cultura muçulmana atual

Movimento Hizmet faz contribuições à cultura muçulmana atual
março 24
13:57 2016

Meu nome é Jihad Turk.

Sou presidente do Bayan Claremont, Islamic graduate school at Claremont School of Theology, um centro de ensino superior islâmico da Escola de Teologia Claremont.

Eu tenho uma impressão muito positiva do Movimento Hizmet e de Fethullah Gülen.

Como americanos muçulmanos, somos minoria neste país, e os muçulmanos daqui têm uma reputação ou imagem muito ruim devido ao que aparece na mídia ao redor do mundo envolvendo terrorismo e outras ações negativas de muçulmanos.

O Movimento Hizmet, como organização, tendo Fethullah Gülen como inspiração, é uma luz brilhante para a comunidade muçulmano-americana por causa do foco da organização em realizar trabalhos comunitários por meio de ações de ajuda humanitária, educação – especialmente educação científica – e, também, com relação ao intercâmbio intercultural e inter-religioso.

Por sermos uma minoria que é mal-entendida, os esforços do Movimento Hizmet e de Fethullah Gülen em ajudar os muçulmanos daqui e ao redor do mundo a falar com nossa própria voz, em vez de sermos representados ou “mal representados” na mídia, é algo do qual nos beneficiamos enormemente.

O movimento do Sr. Fethullah Gülen, o Movimento Hizmet, está fazendo contribuições tremendas para a cultura muçulmana do mundo atual, com isso, está ajudando muçulmanos a focarem em educação para que possamos contribuir para a melhoria do mundo.

Ele ajuda muçulmanos a focarem em intercâmbio cultural para que possamos ser melhor compreendidos, usando nossas próprias palavras, por aquilo que representamos.

O Movimento Hizmet inspira aos muçulmanos e permite que eles retribuam com trabalhos de ajuda humanitária.

Esta é uma contribuição importante para a ummah [comunidade].

Como acadêmico e historiador de ciência e história islâmica, percebo que o Movimento Hizmet e Fethullah Gülen estão fazendo um excelente trabalho em representar o Islã autêntico.

O Islã é uma religião focada no Alcorão e nos ensinamentos do Profeta, mas vai além da prática superficial e chega ao coração da tradição que nos inspira, como muçulmanos, a sermos indivíduos melhores, a aperfeiçoarmos nosso caráter e, como manifestação de nossa prática do Islã, contribuirmos para a melhoria da sociedade, não importa em qual sociedade vivamos.

Assim, na minha opinião, o que Fethullah Gülen e o Movimento Hizmet estão mostrando sobre o Islã é uma manifestação de fé verdadeira e autêntica.

Uma das coisas que faz o Movimento Hizmet único é que, diferentemente de outros movimentos políticos islâmicos, ele não é um partido político, mas, sim, a consciência moral da sociedade que representa valores do Islã.

Valores de justiça, valores de verdade e valores de equanimidade. O papel do Movimento na sociedade não é tomar o poder, mas fazer aqueles em posição de autoridade serem responsabilizados.

Essa é uma posição única, e esse é, na verdade, o papel que movimentos religiosos deveriam assumir no mundo.

Eles não deveriam tentar obter poder, mas deveriam fazer aqueles no poder serem responsáveis pela maneira que governam.

Eu sou um muçulmano palestino-americano e, como palestino, há várias tensões entre muçulmanos e judeus – por exemplo, com relação à questão de Israel – e, algumas vezes, muçulmanos tomam uma posição ou postura hostil contra judeus em geral, o que é não-islâmico.

Apesar de não concordarmos com a questão de Israel e o futuro do Estado Palestino, é importante que, como muçulmanos, tenhamos a mente aberta para seguir os ensinamentos do nosso Profeta e do Alcorão e nos engajemos em cruzar linhas políticas e linhas religiosas para nos conhecermos uns aos outros.

Há um verso no Alcorão que, a meu ver, manifesta o trabalho que o Hizmet vem fazendo, quando Allah (swt) diz no Alcorão: [fala em árabe], que significa, “Ó humanos! Nós vos criamos de um único macho e uma única fêmea e vos dividimos em povos e tribos para que pudésseis conhecerdes uns aos outros, não para desprezardes uns aos outros. Em verdade, o mais honrado dentre vós, ante Deus, é aquele que é mais temente.

Na minha opinião, engajar-se em relações interreligiosas é a razão pela qual Deus nos criou com diversidade, não apenas com relação a raça, mas também com relação a diferentes grupos religiosos.

Assim, o trabalho do Hizmet de buscar uma aproximação e tentar uma compreensão mútua, em vez de desprezo mútuo, é de fato uma manifestação desse mandamento que recebemos de Deus, no Alcorão.

Eu tive a sorte e oportunidade de visitar várias escolas do Hizmet na Turquia e fiquei muito impressionado com o foco dessa organização em educação – não educação religiosa, mas educação científica moderna e técnica – pois, como muçulmanos no mundo de hoje, precisamos ser contribuintes para o conhecimento científico e para o avanço do progresso no mundo. O foco em educação, ciência e tecnologia capacita e habilita muçulmanos a serem relevantes ao mundo atual.

Educação é algo que também é enfatizado no Islã.

Assim, apesar de o foco da educação não ser religioso, focar em educação é uma manifestação de valores; valores islâmicos de busca por conhecimento.

Infelizmente, no mundo atual, muitos muçulmanos estão em um estado psicológico de desespero. Sentimos que somos vítimas por causa da opressão, do terrorismo, da má imagem do Islã etc. Dessa forma, porque somos vítimas, temos uma mentalidade de vítima, como se não tivéssemos nada a oferecer e nos sentássemos amuados, sem nenhuma esperança.

Mas o que mais me surpreende sobre o Movimento Hizmet é que sua postura é muito diferente, a mentalidade é muito diferente.

Em vez de ter um foco no que há errado com o mundo muçulmano ou no que há de errado com a humanidade, a posição e postura é de “o que podemos fazer, como muçulmanos, para ajudar a fazer do mundo um lugar melhor?”.

A organização Kimse Yok Mu, que nasceu de tragédias na Turquia, transformou aquele sentimento de tragédia e dificuldade em um movimento de “como podemos ajudar pessoas, não somente na Turquia, mas pessoas de todo o mundo que foram atingidas por pobreza e desastres a superarem aquelas dificuldades?”.

Como muçulmanos, dessa forma, estamos contribuindo para a melhoria da sociedade e do mundo como um todo.

Uma das coisas que são impressionantes sobre o Movimento Hizmet, com relação ao empenho em ajuda humanitária, é que o foco não está em muçulmanos ajudando muçulmanos, ou turcos ajudando turcos. O foco está em muçulmanos ajudando qualquer pessoa em necessidade, o que, na verdade, é o que nossa religião nos ensina a fazer.

Por exemplo, quando o furacão atingiu as Filipinas, o fato de que a Kimse Yok Mu foi até lá para ajudar a qualquer um que precisasse, não apenas a comunidade muçulmana, é um testemunho do caráter daqueles envolvidos nesse tipo de trabalho de ajuda humanitária.

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer