Últimas notícias

“Hizmet continuará sua missão independentemente de ataques”

“Hizmet continuará sua missão independentemente de ataques”
março 22
17:41 2016

Erudito turco islâmico Fethullah Gülen, que, juntamente com o Movimento Hizmet, tem sido alvo de numerosos ataques do Primeiro Ministro Recep Tayyip Erdogan, afirmou que o Movimento continuará a desempenhar sua missão independentemente das circunstâncias.

O vídeo introdutório do último sermão de Gülen intitulado “Düşen Maskeler ve Karakuşî Kararları” (“Mascaras Caídas e Decisões Ilegais”) foi divulgado domingo passado no website Herkul.org.

Em seu discurso, Gülen diz aos seguidores do Hizmet que se eles se sentem insultados ou assediados por pessoas que pensam apenas sobre seus interesses pessoais, deveriam ver isso como admiração de Deus e afirmou que eles estão sendo testados pelas pessoas que eram próximas.

Referindo-se à hadith do Profeta Maomé, o erudito islâmico disse que a dificuldade das provas que alguém está sujeito aumenta em proporção à profundidade religiosa e à força da pessoa.

Hizmet e Gülen tem sido alvos diretos do Primeiro Ministro Erdogan desde que a investigação de corrupção na qual alguns membros do governo foram implicados veio a público em 17 de dezembro. Erdogan, que se refere ao Hizmet como “Estado paralelo” ou “estrutura” acusa o movimento de estar por trás das operações que investigavam corrupção.

O governo de Erdogan tem agido para garantir o fechamento de escolas abertas pelos membros do Hizmet em muitos países ao redor do mundo. Instituições e escolas afiliadas ao Hizmet na Turquia também estão sob pressão do governo.

Gülen afirmou que os acontecimentos recentes revelam como pessoas que costumavam apreciar as atividades do Hizmet viraram as costas ao Movimento em troca de alguns benefícios financeiros, dando a oportunidade ao Hizmet de enxergar a verdadeira face dessas pessoas.

O erudito islâmico nega as acusações do governo de que ele ou o Hizmet tenham tentado estabelecer um Estado paralelo.

“Não existe isso de Estado paralelo e já disse, que Deus amaldiçoe quem quer que seja paralelo. Vocês não têm com o que se preocupar, têm? Vocês trouxeram ao seu país, nação e governo grande prestígio mundial. Vocês não são uma estrutura paralela”, afirmou Gülen.

Lamentando os esforços para o fechamento das escolas afiliadas ao Hizmet no exterior, ele disse que o governo, no período de dois meses, pediu oito vezes à Rússia que fechasse as escolas Hizmet em seu território.

“O povo da Anatólia abriu escolas em 160 países de todas as cores e formas. De certa forma, elas agem como missionárias. Elas introduzem nosso país [aos outros]. Algumas pessoas vêm e pedem o fechamento das escolas… Há tanto ódio, inimizade e desejo de vingança que 20 maneiras diferentes foram usadas com a pior das intenções para deter essas pessoas [membros do Hizmet] que seguem o caminho do Profeta [Maomé] em sua missão”, disse ele.

Gülen disse aos seguidores do Movimento Hizmet que eles não devem se sentir desafiados por essas tentativas, acrescentando que os membros forjarão ferro, engraxarão sapatos ou tricotarão meias para conseguir o dinheiro para garantir que o Hizmet continue sua missão.

O Movimento Hizmet promove diálogo inter-religioso e a resolução de problemas por meios pacíficos em todo o mundo.

Publicado em Sunday’s Zaman, 10 de agosto de 2014.

Fonte: http://pt-hizmetmovement.blogspot.com.br

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer